Apple estuda mudar produção de iPads da China para Índia

iPhones já começaram a ser fabricados na Índia neste ano. E a tendência é que o país acabe absorvendo um percentual cada vez maior da produção
ipad apple
Imagem: Unsplash/Reprodução

Para diversificar sua cadeia de suprimentos, a Apple estuda levar parte da produção de iPads da China para a Índia. A informação veio à tona rumores indicarem que parte da produção pode ser transferida para o Vietnã como parte dos esforços da gigante da tecnologia de transferir até 30% de sua cadeia produtiva para fora da China. MacBooks e Apple Watches também podem ser fabricados em território vietnamita nos próximos anos.

Assine a newsletter do Giz Brasil

Existem vários motivos para a Apple transferir sua produção para outros países, mas os principais envolver evitar impactos negativos gerados pelas tensões da “Guerra Comercial” entre Estados Unidos e China.

Mas recentemente, a Apple tem uma nova razão para para não depender apenas de fábricas na China. O surto de Covid-19 na fábrica de ZhengZhou da Foxconn, sua principal fornecedora de iPhones, afetou bastante a produção de iPhones. Mesmo após o relaxamento das medidas de restrição adotadas para conter o vírus, a empresa não conseguirá atender a demanda da gigante da tecnologia para 2022.

A produção sofreu algumas paralisações, que ocasionaram em um atraso nas remessas de iPhone. Isso pode prejudicar o fim de ano da Apple.

O iPhone 14 foi o primeiro produto fabricado pela Apple a ter a produção transferida para a Índia. Embora neste momento a produção de iPhones no país seja pequena, de acordo com The Verge, a intenção é aumentar a produção local dentro dos próximos anos. Especialistas acreditam queem um período de cinco anos, cerca de 35% dos iPhones serão fabricados na Índia.

Assine a newsletter do Giz Brasil

Vinicius Marques

Vinicius Marques

É jornalista, vive em São Paulo e escreve sobre tecnologia e games. É grande fã de cultura pop e profundamente apaixonado por cinema.

fique por dentro
das novidades giz Inscreva-se agora para receber em primeira mão todas as notícias sobre tecnologia, ciência e cultura, reviews e comparativos exclusivos de produtos, além de descontos imperdíveis em ofertas exclusivas