Para a Apple, esta é uma semana cheia de dores de cabeça. Após vender 10 milhões de novos iPhones em apenas três dias, ela teve que lidar com os problemas de um lançamento tão grande.

Primeiro, surgiram imagens de iPhones que entortaram no bolso da frente. E ontem, a empresa lançou uma atualização para o iOS 8 que deixa o iPhone 6 e 6 Plus sem sinal de celular. Eis o que a empresa está fazendo para mitigar esses problemas.



>>> iOS 8 já chegou a 46% dos dispositivos, mas sistema trava 78% a mais

Além de interferir no sinal de celular, a atualização iOS 8.0.1 faz com que o Touch ID deixe de funcionar. A falha afeta apenas o iPhone 6 e 6 Plus: os modelos 5S, 5 e anteriores saíram ilesos, assim como os iPads.

Em pouco tempo, a Apple interrompeu a distribuição do iOS 8.0.1 e agora oferece um método de reversão para quem o instalou: conectar o iPhone ao iTunes, fazer backup, baixar um arquivo de restauração e instalá-lo. Com isso, o app Saúde não vai mais funcionar; a Apple promete resolver isso na atualização iOS 8.0.2, que virá “em alguns dias”.

E quanto ao iPhone 6 Plus que entorta, o infame #bendgate? A Apple diz ao The Next Web que se dispõe a trocar o aparelho, mas ele precisa ser testado antes:

Isso depende 100% do Genius com quem você fala na loja. Existe um teste, chamado de Inspeção Mecânica Visual, no qual o dispositivo terá de passar. Se ele estiver dentro das diretrizes, a loja poderá trocá-lo de graça. Se não, a substituição será paga.

O caso dos iPhones que entortam chamou grande atenção da mídia, mas é algo antigo: como lembra o TNW, há algum tempo surgem relatos do iPhone 5 e 5S com um corpo torto – só que eram casos bem isolados. Parece que o problema se exacerbou com o corpo maior e mais fino do 6 Plus, também de alumínio.

Resta ver como será a política de troca em países onde Geniuses e Apple Stores não são muito comuns, como o Brasil. Aí só vai ficar faltando resolver a saliência da câmera traseira… [The Next Web via 9to5Mac; Apple via Gizmodo US]