A Apple vem brigando na China há meses com a Proview, que diz ser a dona do nome iPad. Durante a disputa, iPads foram retirados de algumas lojas chinesas e as vendas globais ficaram ameaçadas. Mas agora, a Apple entrou em acordo com a empresa, pagando US$60 milhões pela marca registrada.

O pagamento, anunciado por um tribunal chinês hoje de manhã, dá à Apple o controle total da marca iPad. A empresa diz ter comprado o nome da Shenzhen Proview Technology em 2009 por US$55.000, mas as autoridades dizem que os direitos nunca foram oficialmente transferidos.

Em dezembro, um tribunal decidiu que a Proview ainda era dona da marca registrada. Agora, o Tribunal Superior na província de Guangdong diz:

A resolução do litígio sobre o iPad acabou. A Apple Inc. transferiu US$60 milhões para a conta do Tribunal Superior de Guangdong, como requerido na carta de mediação.

Como a China é o segundo maior mercado para a Apple, atrás apenas dos EUA, ela corresponde por boa parte do crescimento contínuo da empresa, o que torna o acordo de US$60 milhões mais fácil de aguentar. Aparentemente, a Proview esperava levar até US$400 milhões, e pode permanecer falida apesar do dinheiro recebido. Eles declararam falência em 2010. [AP]