Quem procura adaptadores Lightning não-oficiais de terceiros para o novo iPhone 5 terá dificuldade em achar: há um dispositivo autenticador escondido nos produtos oficiais. Eis o que há dentro desta irritante peça de tecnologia.

A Chipworks abriu um cabo Lightning-USB da Apple, e encontrou um total de quatro chips escondidos dentro dele: dois simples, com apenas dois transistores cada, além de dois chips mais complexos. E uma deles, feito pela Texas Instruments, chamou a atenção.

O chip em questão é um TI BQ2025, que ainda nem foi documentado pela Texas Instruments. Mas não se preocupe: a Chipworks é expert nisso e analisou de perto esse pedaço de silício. O que eles descobriram: ele é consistente com um chip de comunicação que emprega alguns “recursos simples de segurança”. A Chipworks explica:

A segurança nem se aproxima das abordagens hercúleas que são usadas (por exemplo) em cartuchos de impressora hoje em dia, mas lembra o nível de esforço que os fabricantes de cartucho costumavam usar antigamente. Esta provavelmente é uma decisão calculada pela Apple para manter os custos bem baixos, sabendo que a sua base principal de clientes prefere comprar em lojas da Apple, ou preferem periféricos de marca [não-genéricos]. Nesses locais, a pirataria não é uma preocupação. Em outras palavras, neste caso a segurança é “apenas o suficiente”.

Ou seja, esta tecnologia só vai servir para atrasar os fabricantes de cabos genéricos, em vez de impedi-los completamente de fabricá-los. Isso é bom para quem não quer gastar muito em cabos para o iPhone 5 – você só precisa ser paciente. [Chipworks via Apple Insider]