Depois de anos de rumores, eis que a Apple revela oficialmente seu relógio de pulso inteligente: o Apple Watch. Aqui está o que você precisa saber sobre ele.

Design e tela

O relógio possui uma tela quadrada – não circular, como no belo Moto 360 – e bordas arredondadas. A tela é feita de cristal de safira, material resistente utilizado em relógios caros e resistente a riscos.

A tela sente a diferença de pressão entre um toque e outro, e isso permite interagir com a interface de forma diferente. Por exemplo, um toque leve aciona um botão, enquanto um toque mais forte abre o menu do aplicativo.

Divulgação

Os elementos da interface são circulares. Você navega por eles usando a touchscreen, ou o botão lateral. Este botão giratório permite dar e tirar zoom em um mapa, ou rolar por uma lista. Pressione o botão e você volta à tela inicial.

Também é possível interagir com o relógio através de voz: basta ditar mensagens para responder e-mails, por exemplo.

E também há um recurso estranho: ao pressionar o botão inferior, você escolhe entre seus contatos para enviar mensagens desenhadas para eles. Pois é: toque no rosto do amigo, desenhe algo com o dedo na tela do relógio, e envie. Você também pode enviar sua taxa de batimentos cardíacos, por algum motivo.

Apps

apple watch maps

O Apple Watch requer um iPhone: ou seja, ele não será interessante caso você esteja em outro ecossistema. Ele é compatível com o iPhone 6, iPhone 6 Plus, iPhone 5, iPhone 5C e iPhone 5S.

Ele replica alguns dos apps no iPhone: ele exibe as fotos que você tirou com o aparelho, mapas da Apple com direções curva a curva. Ele vibra de forma diferente se você tiver que virar à direita ou esquerda, assim você não precisa olhar as direções no seu pulso.

Divulgação

Inicialmente, o Apple Watch receberá apenas notificações dos apps de terceiros, mas desenvolvedores podem adaptá-los para o relógio usando o WatchKit. Com ele, você poderá interagir com as notificações, ou receber informações detalhadas do seu próximo voo.

Divulgação

Além disso, o Apple Watch possui “glances”, que são basicamente widgets: deslize a partir da borda inferior, e você poderá acessar seu calendário, player de música, ações, entre outros.

O relógio faz uma vibração sutil no pulso quando recebe notificações. Ao levantar o pulso, a tela acende automaticamente, e você pode realizar ações – como responder a um SMS ou rejeitar uma ligação. No relógio, você pode responder a mensagens com um emoji animado:

Divulgação

A Siri está embutida no Apple Watch, portanto ela pode trazer as mesmas informações que no iPhone, como horários de filmes. O relógio também pode ser usado como um walkie talkie – com outros donos do Apple Watch – e também como um visor para a câmera.

Ah sim, e você pode customizar a face do relógio. Opções não faltam:

Divulgação

Saúde e atividade física

Não se trata apenas de um dispositivo para receber notificações: ele acompanha sua saúde e atividade física. Na parte traseira, há três LEDs – de luz visível e infravermelho – para medir seus batimentos cardíacos. Ele também possui um acelerômetro, mas usa o GPS do seu iPhone.

Divulgação

Há dois apps para usar estes sensores. O Activity monitora seus movimentos ao longo do dia, medindo o tempo em que você fica sentado, em pé e em atividade. Ele mostra isso em uma série de três anéis, e estimula você a se mover mais:

Divulgação

Enquanto isso, o Workout fica de olho em calorias queimadas, duração do exercício e distância percorrida em exercícios físicos. Os apps trazem metas, notificações e sincronizam tudo com o app Saúde do iOS 8.

Hardware

Os componentes internos – que a Apple não revelou em detalhes – ficam em uma única placa de circuito revestida para se proteger contra líquidos.

A bateria é carregada por indução magnética através de um conector MagSafe, que se prende magneticamente à traseira do relógio. A Apple não falou nada sobre duração de bateria, mas Tim Cook diz que você pode usá-lo “o dia inteiro”.

O Apple Watch vem em dois tamanhos, com três acabamentos: alumínio, alumínio reforçado (liga 60% mais resistente) e ouro 18 quilates. Você pode alternar entre seis pulseiras da Apple, que se prendem ao relógio em um encaixe específico:

Divulgação

Há opções de plástico, couro e aço inoxidável, e há pulseiras que fecham com uma fivela, enquanto outras fecham com um botão.

Disponibilidade e preço

O Apple Watch custará US$ 349 quando for lançado no início de 2015. É bem mais caro que os smartwatches atuais, cuja maioria custa entre US$ 200 e US$ 300.

Atualizado às 16h20