Nós sabemos disso porque na sexta-feira a Rússia tornou públicas páginas e mais páginas das seus registros de OVNIs da época da Guerra Fria. Nada menos que metade das aparições foram no oceano, enquanto outros 15% foram em lagos como o Baikal (o mais profundo do planeta).

Em um triste caso, três oficiais de mergulho russos perderam a vida perseguindo "um grupo de criaturas humanóides com trajes prateados". Em outro caso, direto do filme O Segredo do Abismo, um comandante de submarino detalha um encontro quando um OVNI subaquático atingiu 230 nós de velocidade (426 km/h): "Parecia que o objeto desafiava as leis da física", disse ele.

Independente da veracidade ou não desses relatos, de uma coisa podemos ter certeza: Ed Harris tem experiência com o mar e com o espaço. [Scoop Deck via Wired]