Se o Google colocou câmeras do Street View dentro de grandes museus para criar o Art Project, por que não usar as boas imagens do site para fazer um catálogo da arte de rua de todo o mundo? Foi o que fez a agência brasileira Loducca, em parceira com a Red Bull noStreet Art View. Hora de conhecer grandes nomes do graffiti nacional sem ter de ficar no trânsito ou tomar chuva na cabeça.

Passeando virtualmente pelas ruas de São Paulo, é fácil encontrar dezenas de graffitis adicionados por vários usuários. É só colocar o endereço na barra lateral daquele painel que você mais gosta perto de sua casa e colocar mais um quadro na galeria. No Brasil, já são 389 marcações – contra 529 na Inglaterra e 116 nos EUA.

Apesar de a arte urbana já estar espalhada por todo o Brasil, a maior coleção ainda está fixada em São Paulo. Locais clássicos, como o Beco do Batman, na Vila Madalena, podem ser visitados com alguns cliques em boa qualidade de imagem e uma janelinha lateral, como numa galeria de arte, diz o nome dos artistas que passaram por ali.

Faça a sua parte e adicione seu endereço favorito no site. É prático, simples e não requer habilidade. É um bom modo de conhecer a arte urbana brasileira e entender por que os estrangeiros andam tão fascinados por ela. Mas também lembre-se de visitá-las; assim como no Art View, do Google, a praticidade é bem-vinda, mas ainda é difícil vencer a sensação de ver boa arte in loco.

Selecionamos três obras de respeito de São Paulo. Confira abaixo.