Prepare-se! Não, espera, pode relaxar. As especificações da TV de 8K, a TV de Ultra Alta Definição (UHDTV), foram aprovadas pela ITU — International Telecommunication Union, não a cidade paulista. Mas apesar de no papel já estar tudo ok, ainda levará um bom tempo até que você possa desfrutar dessa resolução insana no conforto do seu sofá.

A aprovação corrobora o rascunho recomendado apresentado em maio pela NHK, rede de TV japonesa, mas deixa de lado um ponto importante, a resolução 4K que, a menos que demos um salto realmente grande, indo dos 1920×1080 para 7680×4320, será o próximo passo na evolução da qualidade de imagem. Ele prevê ainda outros aspectos como a taxa de quadros por segundo (120) e uma gama de cores maior.

A NHK, uma das maiores interessadas no padrão e que já brinca com os estonteantes 8K, definiu a aprovação como “um grande avanço”. Mas não se anime ainda. Vai demorar uns bons anos para: 1) o padrão chegar ao mercado, às TVs vendidas para eu, você, nós, meros mortais; e 2) o preço chegar a um padrão onde eu, você, nós, meros mortais, possamos bancar. [NHK via The Verge. Foto: Gonzalo Díaz/Flickr]