O que acontece se você for atingido por um meteorito? Certamente, daria uma boa história para contar — se você sobreviver, claro.

Vamos olhar os casos registrados em que um meteorito acertou uma pessoa e calcular probabilidade de isso acontecer com você. Vamos até mesmo dizer como minimizar o risco de isso acontecer.

Mesmo assim, se você for atingido, receberá uma visita de autoridades locais? Ou ameaçadores agentes do governo intervirão?

Aqui estão alguns casos verificados de violência de meteoritos contra humanos e as chances estimadas de uma colisão pessoal com uma rocha espacial.

Colisão da Guerra Fria

annhodgesO caso moderno mais conhecido ocorreu no Alabama, EUA, no contexto do início da Guerra Fria. Em 1954, um meteorito de quatro quilos atravessou o telhado de uma casa alugada, derrubou um rádio e atingiu Ann Hodges, que estava dormindo.

O meteorito, ainda quente quando chegou ao solo, feriu Ann no quadril, mas não causou nenhum dano permanente.

Ela conseguiu algum destaque na mídia por algumas semanas, além de receber ofertas de interessados em comprar o objeto espacial vindas de diversas partes do mundo.

A Força Aérea Americana, preocupada com a possibilidade de que isso pudesse contribuir com as pesquisas espaciais soviéticas, visitou o local e retirou o meteorito para testes.

Logo depois, uma batalha judicial envolvendo Ann Hodges, a Força Aérea Americana e Birdie Guy, o dono da casa alugada, determinou a propriedade do meteorito. Hodges ainda chegou a comprar o meteorito de Birdie Guy por 500 dólares (4.000, em valores atualizados). Hoje, ele pertence à Universidade do Alabama.

Escassez de acidentes

Desde o acidente de Hodges, há pelo menos dois indivíduos atingidos por meteoritos. Em 1992, um meteorito acertou uma bananeira antes de tocar o solo em Mbale, Uganda. Um fragmento de três gramas acertou na cabeça um garoto que estava próximo.

Em junho de 2009, um meteorito do tamanho de um apera acertou um adolescente alemão, queimando sua pele antes de criar uma pequena cratera no chão. Nenhum dos dois, aparentemente, recebeu visitas de militares ou oficiais do governo.

Fora da idade moderna, um único caso de humano atacado por meteorito foi registrado. Um texto do Século XVII diz que um monge morreu depois de ser atingido por um meteorito na perna.

Quais são as chances?

A superfície da Terra é cerca de meio bilhão de quilômetros, com os continentes ocupando menos que um terço do planeta. Nas atividades cotidianas, uma pessoa ocupa cerca de um metro quadrado de espaço em qualquer momento.

Com 7 bilhões de pessoas no planeta, a chance de um membro da raça humana ser atingido por um meteorito que atinja a Terra é de uma em 75.000. O número de meteoritos que chegam à Terra, no entanto, é difícil de ser estimado com precisão. Os números sugeridos frequentemente ficam entre 100 e 3.000 por ano, com a maioria se despedaçando e virando poeira antes mesmo de atingir o solo.

Coletores percorrem grandes distâncias para procurar estas rochas extraterrestres, enquanto Coreia, China e EUA exploraram as áreas inabitadas da Antártida à procura de meteoritos. Peter Jenniskens, cientista do SETI, encoraja indivíduos a relatarem caso vejam meteoritos por aí.

Se, mesmo com a improbabilidade estatística, você está preocupado com os meteoritos, o melhor conselho é ficar dentro de casa durante chuvas de meteoros e dormir em pé, para minimizar a área ocupada.

A primeira imagem é do Flickr coda e retrata o meteorito Hoba, que caiu na Namíbia, costa sudoeste da África. Acredita-se que seja um dos maiores meteoritos a já atingir a Terra. A outra imagem é cortesia do Museu de História Natural do Alabama.