Eu não sei qual escola esse garoto frequenta, mas duvido que o meu professor de marcenaria teria autorizado a construção de uma arma eletromagnética de mola que consegue atravessar uma latinha de refri.

Deixando de lado o eletromagnetismo (numa configuração linear de motor elétrico) e o mecanismo de recarga com suporte a seis unidades de munição, esta arma faz uso de um multímetro, alguns interruptores personalizados para ligar e desligar, algum encanamento de PVC, uma lente e provavelmente uma bateria. Minha parte favorita é o suporte de madeira, para aqueles momentos em que é necessário acertar uma latinha com extrema precisão.

O poder de fogo desta arminha inspirada em um rifle sniper não é grande coisa (parece igual ou pouco maior que o de uma arma de chumbinhos), mas o inteligente uso de componentes eletrônicos e de madeira dão ao projeto um ar de "faça-você-mesmo" que eu acho difícil de resistir. Dê uma olhada no vídeo do TecBlog para ver com seus próprios olhos. É bem massa. [TechEBlog]