Só porque um pedaço de vidro afirma ser “à prova de balas” não significa que ele realmente seja. Mas se o seu vidro resistente a balas for robusto o suficiente, aquela bala em velocidade vai acabar alojada em camadas de policarbonato. E isso intrigou a fotógrafa Deborah Bay.

Ela recentemente ficou impressionada com a beleza inesperada de uma bala alojada em uma placa de acrílico. Falando ao The Smithsonian, Bay Explica:



Achei intrigante. Você poderia ver todos os fragmentos de metal. Você podia ver o plástico quebrado, e as linhas da trajetória através do painel de acrílico.

original original

Bay recrutou alguns amigos policiais, que atiraram contra vários painéis de acrílico à prova de balas. Depois, colocando os vidros próximos a um fundo preto, ela usou uma câmera média com uma lente macro e iluminação criativa colorida para produzir uma série chamada “The Big Bang”. Como o Smithsonian explica:

Os padrões que os projéteis deixam no acrílico no impacto parecem galáxias, estrelas e meteoros pelo espaço. Quando mais a fotógrafa vê imagens tiradas pelo telescópio Hubble, mais ela vê a semelhança.

original (1)

Além de indiscutivelmente belas, as fotografias também são bastante apropriadas para o momento – o controle de armas é um assunto bastante discutido nos Estados Unidos. E Bay sabe bem disso, como moradora do Texas, um estado com 51 milhões de armas de fogo registradas. A ironia do título ser usado para um assunto tão destrutivo destaca o objetivo de Bay: “Quero que as pessoas pensem no que essas balas podem fazer.”

original (2)

Você pode ver todas as fotos aqui, e o website dela aqui. [Smithsonian Magazine]

Imagem cedida por Deborah Bay.