Não consigo lembrar de nenhum outro sujeito que tenha feito algo tão surreal pra chamar a atenção (legalmente, lógico). Em uma palestra no TED, Bill Gates jogou MOSQUITOS TRANSMISSORES DE MALÁRIA NAS PESSOAS. Deve ser bacana ser rico o suficiente para fazer isso.

O lance todo é que ele estava tentando mostrar ao mundo um ponto. As indústrias farmacêuticas gastam mais dinheiro com tônicos capilares mirabolantes (e Instant Hair Plus) do que com pesquisas para curar malária. Isso rola porque ricos compram tônico capilar e não têm malária. Logo, Bill “Hood” Gates apavorou a platéia com seus mosquitos (que obviamente não estavam infectados de verdade), dizendo que se ricos fossem contaminados, tudo iria mudar.

Ok, foi só um stunt de publicidade, mas com um senso de humor realmente sensacional. Bravo, Bill. [Valleywag via G1Valeu, Fernando]

UPDATE: Vídeo!!!