Bill Gates gosta tanto de cerveja que até investiu na fabricante da Kaiser e da Sol. Agora, o nome dele está em uma nova patente para um "recipiente termicamente fechado" — cuja possível função seria guardar cerveja.

Bill Gates é um dos muitos nomes na patente da empresa Searete LLC, que também esteve por trás de outro trabalho assinado por Gates, um motor eletromagnético.



Aparentemente, o recipiente não é exatamente um barril de cerveja ou garrafa térmica, mas um sistema que "pode incluir mais segmentos que definem, acima de tudo, pelo menos uma região de armazenamento; e uma ou mais regiões de conexões termicamente fechadas de forma substancial entre pelo menos uma das uma ou mais regiões na superfície de um ou mais segmentos onde uma ou mais regiões de conexões termicamente fechadas de forma substancial e um ou mais segmentos formam uma região de armazenamento termicamente fechada de forma completa."

Em termos simples, isso parece uma garrafa térmica envolta em várias camadas de isolante especial, aliada a telas e sensores — um dispositivo high-tech para sua cerveja. E de fato, o pedido de patente descreve um recipiente que poderia guardar de tudo, desde "líquidos ou bebidas" tais como "cerveja ou bebidas alcoolicas destiladas", até plasma artificial e asfalto derretido.

Você quase conseguiu esconder seu comércio internacional de cerveja sob o disfarce de construções filantrópicas e pesquisas médicas, Mr. Gates. Estamos de olho. [Patente via TechFlash]