Saem o azul e as curvas, entram o dourado e os ângulos. O buscador Bing, da Microsoft, ganhou uma grande reformulação visual que, espera-se, revigorará o serviço. Mas as mudanças serão suficiente para alcançar esse objetivo?

O novo logo usa a mesma cor de um dos quadrados do logo da Microsoft, um “b” estilizado e a fonte Segoe mais afiada para o resto do nome — um visual mais moderno que o antigo, mais arredondado. Ao The Verge, o chefe de design da Microsoft Lawrence Ripsher explicou que “o logo, obviamente, é um ponto importante para nós, muito mais angular, moderno e definido que o que usávamos no passado.”

Não só o logo, mas todo o visual do motor de busca foi alterado também, para tornar o serviço mais amigável. Vemos aqui alguns recursos novos como o Page Zero, que dá resultados de pesquisa antes mesmo que você terminei de digitar o termo inteiro que deseja pesquisar, e o Pole Position, que destaca resultados específicos no topo da página de resultados. Para ser sincero, as mudanças são sutis, mas aparentemente a Microsoft tem planos para liberar layouts mais radicais em breve.

Novo Bing resultados

Você pode ver um vídeo e algumas explicações sobre a nova identidade visual do Bing neste hotsite — em português!

Ninguém sabe se essas mudanças serão o bastante para conquistar novos usuários hoje no Google — mas a Microsoft parece disposta a criar um buscador que não envolva fazer parte de seu ecossistema inteiro. “Nossa abordagem com o Bing tem sido, há bastante tempo, não necessariamente construir nossa própria rede, não construir nosso próprio canal de vídeo, não construir todas essas coisas com as quais queremos trabalhar em conjunto,” explica Stefan Weitz, diretor de pesquisa da Microsoft, ao Verge. “Nós firmamos parcerias.” Espera-se, claro, que essas parcerias valham a pena. [Bing via The Verge]