Além dos eletrônicos do dia a dia (como celulares, TVs, notebooks e outros gadgets), o segmento de tecnologia de beleza também deve aproveitar a época de Black Friday para dar descontos robustos aos consumidores.

Pensando nisso, separamos dicas de preços e de como comprar eletrônicos de beleza para quem está de olho em produtos do tipo — seja para presentear alguém ou para tirar do papel a ideia de ter um spa em casa.

Antes de colocar o produto no carrinho, vale a dica universal: é importante pesquisar o preço médio do item e suas avaliações — tanto entre consumidores quanto da própria loja responsável pela venda.

Massageador eletrônico

Imagem: Freepik

Este é um daqueles utensílios que você precisava ter e não sabia. O massageador é uma ótima opção para quem quer relaxar ao final do dia ou aliviar alguma dor localizada.

Na internet existe uma infinidade de formas e tamanhos, que podem vir acompanhado com peças a parte para diversas formas de massagem. Algumas são especializadas para partes específicas do corpo como costas, pescoço ou pernas.

Uma dica para desfrutar a experiência é usar junto produtos em creme ou gel para diminuir gordura, flacidez e celulite.

A partir de R$ 17,90 é possível comprar um massageador USB simples — ideal para aliviar a tensão em frente ao computador. Há versões a pilha disponíveis na faixa dos R$ 30. Para versões mais completas, com mais intensidades e formatos adaptáveis, a média de preço costuma variar de R$80 (como este, com 5 acessórios diferentes) até R$ 474 (como este outro, usado para reabilitação de atletas, com 30 velocidades e seis cabeças de massagem). Vai do gosto do freguês.

Secador de cabelo

Foto: Envato Elements

Um dos itens básicos para quem gosta de cuidar dos cabelos. Eles podem ser usados para todos os tipos, sejam lisos, ondulados, cacheados ou crespos.

Dependendo do uso, pode ser uma boa comprar um profissional, que tem uma potência do aparelho maior (ultrapassando fácil os 2.000 W). Os mais caros costumam trazer mais opções de velocidade, temperatura, ar frio (para evitar frizz) e emissão de íons.

Secadores com difusor são opção perfeita para quem tem cabelos ondulados e cacheados. Além de secar, eles mantêm a forma dos cachos sem ressecar ou perder a curvatura dos fios. Existem vários tipos de difusor (para ajudar a deixar o cacho mais definido ou dar maior volume) e tipos de tecnologias e materiais presentes na fabricação dos aparelhos (uso de íon negativos ou positivos, cerâmica, nano silver, etc.).

Na linha mais acessível, é possível encontrar opções por R$ 60 (com 2 velocidades e 1.200 W de potência). Com os descontos da Black Friday, dá para achar modelos potentes, com 2.400 W, a partir dos R$ 250. Mas há modelos mais profissionais por valores que superam os R$500 (como este, na faixa dos R$ 578).

Babyliss

Também conhecido como modelador de cachos, o aparelho é perfeito para quem precisa enrolar os cabelos — dando maior volume para combinar com looks de ocasiões mais formais, por exemplo.

Além de opções como variação de temperatura, os babyliss possuem diversos formatos e diferentes funcionalidades, trazendo maior versatilidade de estilos. Há também opções como o cabo giratório, que aumenta a liberdade de manuseio e evita quebras precoces.

Assim como o secador, os preços dos modeladores de cachos variam dos R$ 45 (25 W) até os profissionais, por salgados R$ 700 — como este, com Visor LCD, cabo 360º, três temperaturas de aquecimento e quatro ajustes de tempo para cachos diferentes.

Chapinha

Além de auxiliarem na escova, pranchas alisadoras também servem para deixar o cabelo mais liso sem frizz — e é possível fazer cachos com algumas técnicas específicas.

Apesar de não ter peças separadas, seu material das placas podem variar e pode atingir temperaturas variadas (chegando até 230ºC) e trazer outras funcionalidades, como manter o cabelo mais hidratado ou reduzir o frizz. Também pode ter recursos como emissão de íons, cabo giratório, aquecimento rápido e uma melhor portabilidade.

Modelos mais simples saem por pelo menos R$ 56. Modelos com revestimento de cerâmica podem ser encontrados a partir dos R$ 100 e modelos profissionais, na faixa dos R$ 220. Dá gastar até R$ 550 em um modelo profissional.

Escova rotativa

Queridinhas do momento, as escovas rotativas podem secar, alisar e modelar de uma só vez. Outro ponto positivo é que são uma boa opção para quem não tem tanta prática para secar e escovar o cabelo com o secador ou em manusear a chapinha.

Alguns modelos possuem peças extras para diversificar o penteado, assim como diferentes modos de velocidade, opções de temperatura e podem manter os cabelos hidratados e alinhados.

Na internet, seu preço pode vai desde R$ 120 (1.000 W). Já este modelo de 1.100 W, revestimento cerâmico e cabo rotativo, por exemplo, custa na faixa dos R$ 189. Com R$ 474, já é possível adquirir modelos mais completos do mercado — como este.

Vaporizador facial

Muito usado em centros de estética, o aparelho ajuda na circulação, controla a oleosidade e promete deixar a pele mais limpa e rejuvenescida.

O vaporizador tem diversos formatos (e podem ser portáteis, de mão, ou maquininhas pequenas — esse último, recomendado para profissionais).

O preço de aparelhos do tipo começa por volta dos R$ 100.

Aquecedor de cera

Para quem gosta de deixar as pernas lisas ou remover pelos indesejados, a depilação à cera é uma opção.

Com o aquecedor de cera, é possível fazer o procedimento em casa, no seu tempo. O aparelho mantém a cera quente enquanto se usa. As máquinas de uso profissional geralmente possuem tamanho maior, mais acessórios (como pazinha, luvas, tigela, recipiente extra, etc.), potência e funções mais variadas. Nada que vá contribuir demais ao usuário comum.

Nos e-commerce e varejistas, é possível encontrar aparelhos custando R$ 60 — como este ou este outro aqui.

Assine a newsletter do Gizmodo

Depilador elétrico

Para quem prefere uma opção menos dolorosa para remover pelos, o depilador elétrico é uma pedida.

Há vários tipos, desde os focados em peles sensíveis, aqueles usados para usar no banho, os ideiais para virilha, hipoalergênicos e os voltados para o público masculino. Alguns vêm com a opção de recarregar por pilhas ou por bateria.

Em modelos compactos, dá para pagar cerca de R$ 135, ou em torno dos R$ 150.