O Doodle de hoje amanhã no Google Japão é bem divertido. Trata-se de uma homenagem ao engenheiro, músico e inventor Robert Arthur Moog, nascido em 23 de maio de 1934 e ganhador de um Grammy pelo conjunto da obra em 1970. Se vivo, amanhã ele completaria 78 anos.



O sintetizador que leva seu nome fez bastante sucesso na década de 1960, indo de encontro ao desejo dos músicos da época de mesclar drogas alucinógenas com música — ah, a fase psicodélica dos Beatles… Além do quarteto de Liverpool, que usou o instrumento no disco Abbey Road, ele também foi usado por Yes, Stevie Wonder e na trilha sonora de Laranja Mecânica, clássico absoluto de Stanley Kubrick. Sua influência se perpetuou durante a década de 1970, com solos de teclados sintéticos marcando presença em bandas como Manfred Mann, Yes e Pink Floyd. Esse som definiu a música progressiva.

Moog faleceu em 2005, mas sua empresa, a Moog Music, continua na ativa, contribuindo para as batidas sintéticas da música contemporânea — até na trilha sonora de Mass Effect 3 o trabalho dela aparece. O vídeo abaixo conta um pouco da história e do funcionamento do sintetizador (em inglês):

No Doodle, dá para brincar com uma versão digital do sintetizador Moog. Ele parece um teclado/piano, então não é muito difícil entender o funcionamento — aperte as teclas, ou segure o cursor do mouse e arraste-o por elas para extrair o som. O mais bacana é que os vários filtros e efeitos do original estão ali também. Ao lado, há uma caixinha que permite gravar a sua música e compartilhá-la (uma amostra aqui; eu que fiz!).

Procrastinadores do mundo, fiquem longe disso. A gente já sabe o estrago que esses Doodles interativos causam. [Google Japão via Mirror.uk, Giz US]