Eu adoro a ideia de cabos HDMI que se acendem, mas não me convenci muito bem destes do revendedor de eletrônicos Donya, do Japão. De certo modo, eles estão completamente errados. Já descobriu o porquê?

Como qualquer outro fuçador de home theater, eu definitivamente adoraria ter mais luz atrás da minha TV e dos meus equipamentos de home theater. Mas eu preciso que esta luz lá atrás me permita ver onde eu estou plugando os meus cabos. Ou seja, a menos que os cabos já estejam acesos quando eu pego neles e vá plugá-los lá atrás, eles não me servem de nada. De fato, se eles se acendem somente quando eu já os pluguei, eles basicamente só irradiam uma luz pálida vermelha, azul ou branca emanando por trás da minha TV ou estante do Blu-ray, mais um sanguessuga inútil que me lembra da conta de luz que está sempre aumentando.

Falando em contas, a boa notícia é que, se e quando estes cabos algum dia ultrapassarem os litorais do Japão, eles serão cretinamente baratos: 10 dólares por um de 3 metros. E funciona com HDMI 1.3 também! (Mesmo assim eu não os quero.) [Crave]