O Galaxy Note 7 já era. Mas fazer o recall de produtos propensos a pegarem fogo representa alguns problemas óbvios. É ao menos permitido enviar isso via Correios?

Já era: a Samsung vai parar de fazer o Galaxy Note 7 em definitivo

A Samsung agora está pedindo para que donos de aparelhos Galaxy Note 7 devolvam os seus smartphones potencialmente explosivos via correspondência terrestre (as empresas de transporte aéreo definitivamente não querem ver este aparelho por perto). E para assegurar que o aparelho defeituoso não cause ainda mais problemas, o kit de retorno disponibilizado pela Samsung conta com itens de segurança bem interessantes.

Como mostra o xdadevelopers, a Samsung fornece uma folha com instruções para os donos do Galaxy Note 7, um recipiente térmico isolado e um par de luvas. As luvas não parecem ser protegidas e provavelmente são mais para uma indicação do tipo “ei, nós estamos bem arrependidos de vender a você um dispositivo que oferece risco de segurança em vez de um telefone, então olha aqui que legal essas luvas”.

caixa-note7

Provavelmente, a proteção térmica vai evitar que itens não explodidos causem ainda mais estragos durante o trajeto para um aterro sanitário, onde eles devem manter estes aparelhos.

[CultofMac]