Alguns cientistas loucamente brilhantes usaram uma câmera gigantesca de 680kg para capturar imagens de raio-X de relâmpagos, feitos artificialmente usando cabos e foguetes. Loucura? Talvez, mas o experimento com certeza é lindo.

Já explicamos e mostramos como criar relâmpagos com foguetes. Os cientistas fizeram isso, e como tinham uma câmera que pode capturar um relâmpago viajando a um sexto da velocidade da luz, eles conseguiram descobrir que há “uma bola brilhante de raios X no início do relâmpago, e quase nenhuma radiação sobra no rastro do relâmpago”. Isto significa que agora entendemos melhor de onde vem a radiação carregada por relâmpagos, e que logo teremos mais imagens insanas que poderemos usar como papel de parede. [National Geographic]