Planejado para as pessoas que querem unir dois mundos distintos, o case Eye Smart adiciona um smartphone Android ao seu iPhone. Parece não fazer muito sentido, mas é isso mesmo. A ideia foi publicada no Kickstarter e já ultrapassou o objetivo de US$ 95 mil – ainda faltam 32 dias para a campanha terminar.

• Este despertador só fica quieto depois que você ficar em pé
• Dez invenções deliberadamente imbecis ainda assim melhores que metade do Kickstarter

O case é, basicamente, um smartphone Android 7.0 Nougat com uma tela AMOLED de 5 polegadas, slot para cartão microSD, bateria de 2800 mAh, dois slots para cartões SIM e tecnologia de carregamento sem fio. O iPhone se conecta na capinha da mesma forma como faz com um case da Mophie, daqueles com baterias extra. O dispositivo Android consegue aproveitar o alto-falante, microfone e câmera do aparelho da Apple – segundo a página da campanha de financiamento, dá até para usar a conexão de internet do iPhone.

Mas por que alguém iria querer dois celulares, que rodam dois sistemas diferentes, unidos numa coisa só? Do ponto de vista mais prático, tudo o que eu enxergo é que essas opções extras de hardware podem ser úteis. Do contrário, a questão é saber se as funções adicionais valem a pena por esse trambolho (são 100 gramas adicionais, vale notar).

Por outro lado, o case pode carregar a bateria do iPhone e não custa muito mais do que uma Mophie. Os apoiadores que derem US$ 95 podem reservar a capinha X1 Eye, que não possui rede de celular própria. Já a recompensa pelo apoio de US$ 129 dá direito ao modelo que tem sua própria conexão.

Assim como todos os projetos do Kickstarter, não existe uma garantia de que o produto realmente chegará às mãos do público geral. O case está disponível para iPhone 6, 6s, 7, 7s e as versões Plus.

[Kickstarter via Engadget]