Já faz um bom tempo que a Anatel tenta encontrar uma solução para os celulares com DDD 11: é tanta gente com celular que simplesmente acabaram os números novos. O que fazer? Colocar mais um dígito. A partir de 29 de julho, todos os celulares com DDD 11 ganham o dígito 9 antes do número.

A medida da Anatel já foi publicada no Diário Oficial. Ela começa a valer no final de julho, mas a Anatel dá um período de 90 dias para todos se adaptarem: até o final de outubro, se você discar o número sem o 9 não tem problema, a ligação é feita mesmo assim. No entanto, antes de completar a ligação, você ouvirá o aviso de que deve discar (11) 9xxxx-xxxx. Depois do prazo, as ligações sem o 9 deixam de ser completadas.

A Anatel também deixa claro que o novo dígito deve ser discado não importa de onde seja feita a ligação: pode ser no DDD 11 ou fora dele, você precisa discar 9.

A Anatel já cogitou resolver a falta de números criando o DDD 10 para São Paulo e região metropolitana, que iria conviver com o DDD 11 – mas a ideia (felizmente) foi abandonada. No entanto, a Anatel já autorizou, no DDD 11, números de celular começando com 5, antes usado só para telefones fixos (quem liga é avisado se o telefone for celular). Agora, com mais um dígito, é possível criar milhões de novos números para o DDD com o maior número de linhas do país. [G1]

Foto por Alex Carmichal/Flickr