Vishal Garg, CEO que demitiu 900 funcionários durante uma reunião via Zoom nos EUA na semana passada, foi afastado do cargo “com efeito, imediato”, nas palavras da Better — companhia da qual é fundador.

Na segunda-feira (6), Garg anunciou a demissão em massa durante uma reunião online. “Se você está nesta teleconferência, você faz parte do grupo azarado que está sendo demitido”, disse o CEO no início da chamada de vídeo.

Após o episódio, Garg foi bastante criticado nas redes sociais pela frieza e desrespeito na forma como lidou com a situação, especialmente perto do Natal.

O site Vice teve acesso a um e-mail da empresa enviado para os funcionários na sexta-feira (10), com um comunicado avisando sobre o afastamento do CEO.

“Vishal será afastado temporariamente, com efeito imediato. Durante esse período intermediário, Kevin Ryan, como CFO, administrará as decisões do dia a dia da empresa e se reportará ao Conselho”, informou o comunicado enviado pela Better.com. “Além disso, o Conselho contratou uma consultoria terceirizada independente para fazer uma avaliação cultural e de liderança”.

Assine a newsletter do Gizmodo

A frase “efeito imediato” foi a mesma que CEO usou na teleconferência em que anunciou as demissões. Garg divulgou um pedido de desculpas pela forma como agiu nas demissões e disse estar empenhado em aprender com os erros. É torcer pra que isso também aconteça de forma imediata.