A China anunciou recentemente o primeiro caixa eletrônico do mundo com reconhecimento facial embutido. Ele só permite que as pessoas saquem dinheiro se o rosto coincidir com os detalhes armazenados em um banco de dados.

De acordo com a agência de notícias Xinhua, o caixa eletrônico usa uma câmera acima da tela para capturar imagens da pessoa à frente e, em seguida, compara as características faciais com a fotografia que o banco tiver.

Dessa forma, se alguém usar seu cartão, ela não poderá sacar dinheiro, mesmo tendo a senha. A ideia é também usar um banco de dados da polícia, para deter criminosos que queiram cometer roubos.

Os parâmetros são biológicos – presumivelmente atributos como distância entre os olhos, nariz e boca – então o reconhecimento deve funcionar mesmo se outras características faciais, como o cabelo, mudarem.

Segundo o South China Morning Post, este é o primeiro caixa eletrônico desenvolvido de forma independente na China, e também reconhece notas falsificadas e processa dinheiro com maior velocidade.

China e ATM com XP

Mas talvez ele não seja extremamente seguro: pelo vídeo de demonstração acima, ele roda Windows XP, cujo suporte a Microsoft retirou há mais de um ano. Isso significa que a empresa não faz mais atualizações de segurança para o sistema. Por isso, a China começou a trocá-lo por um sistema nacional baseado em Linux.

O caixa eletrônico foi desenvolvido numa colaboração entre a Universidade de Tsinghua e empresa de tecnologia Tzekwan. O presidente da Tzekwan diz que ele passou por uma certificação das autoridades chinesas, e estará disponível em breve no mercado – sem dizer quando, nem a qual preço. [China.org e South China Morning Post]

Imagem via YouTube