Como você deve ter lido por aí, a China tem lidado com um enorme problema de leite contaminado. Agora que centenas de toneladas de produtos laticínios foram tirados das prateleiras, os distritos estão quebrando a cabeça para descobrir o que fazer com o lixo resultante disto. Uma cidade no sul da China decidiu que uma excelente maneira de se livrar de todo este fluido cheio de melamina seria assá-lo e transformá-los em tijolos e cimento.

Wang Fan, diretor do Centro de Segurança Alimentar Guangzhou, contou aos repórteres que o leite assado em um forno produz um resíduo que pode ser usado para fabricar tijolos de construção. Ao livrarem-se dele desta maneira, o governo pode garantir que ele não será jogado nos rios (o que contaminaria os peixes) ou em aterros sanitários (possivelmente contaminando o solo e o lençol freático). O custo também é bem menor – aproximadamente 700 yuan por tonelada de tijolo em vez de 1800 yuan por tonelada de tratamento de lixo tóxico.

Moral da história: quando a vida der a você leite contaminado, faça tijolos. Bom, talvez isso e também inspecione completamente o seu sistema de segurança alimentar e de remédios para regular melhor um mercado cujo crescimento explodiu nos últimos 20 anos. [China Daily]