Ciência

Cientistas chineses criam carregador sem fio que pode ser usado sob a pele

Equipamento foi projetado com material biodegradável e flexível para fornecer energia sem a necessidade de fios ou baterias externas. Saiba mais
Imagem: Science Advances/Reprodução

Pesquisadores da Academia Chinesa de Ciências desenvolveram um carregador sem fio que pode ser implantado com segurança sob a pele para alimentar dispositivos médicos, como marca-passos e estimuladores de nervos. A tecnologia utiliza campos magnéticos para transmitir energia através da pele, segundo publicação do South China Morning Post.

Além do uso no dia a dia, a nova ferramenta tem o potencial de revolucionar a forma como os dispositivos médicos são carregados. A tecnologia pode também levar a uma nova geração de dispositivos implantáveis que são menores e mais eficientes.

Um artigo detalhando o estudo foi publicado na revista especializada Science Advances. O dispositivo de fonte de alimentação sem fio consiste em uma bobina de magnésio, que carrega o dispositivo quando uma bobina de transmissão externa é colocada no topo da pele acima do implante.

Desse modo, a energia recebida pela bobina de magnésio passa por um circuito antes de entrar em um módulo de armazenamento de energia, composto por supercapacitores híbridos de íon-zinco.

Além disso, testes usando ratos mostraram que o dispositivo pode funcionar de forma eficaz por até 10 dias e se dissolve totalmente em dois meses.

Dispensar o carregador pode ser revolução na saúde

O equipamento foi projetado com material biodegradável e flexível para fornecer energia sem a necessidade de fios ou baterias externas.

As fontes de alimentação conectadas a carregadores transdérmicos podem causar inflamação, e aquelas alimentadas por baterias não recarregáveis ​​podem precisar ser substituídas cirurgicamente.

O novo dispositivo eliminaria a necessidade de cirurgias regulares para substituir baterias em dispositivos implantáveis, como marca-passo, por exemplo.

Atualmente, os pesquisadores estão trabalhando para desenvolver e testar ainda mais a nova tecnologia, com a esperança de trazê-la ao mercado em um futuro próximo.

No geral, o desenvolvimento deste carregador sem fios representa um avanço significativo no campo de dispositivos médicos implantáveis. Assim, ele pode melhorar a vida de milhões de pessoas que dependem destes dispositivos para gerir as suas condições de saúde.

Assine a newsletter do Gizmodo

Gabriel Andrade

Gabriel Andrade

Jornalista que cobre ciência, economia e tudo mais. Já passou por veículos como Poder360, Carta Capital e Yahoo.

fique por dentro
das novidades giz Inscreva-se agora para receber em primeira mão todas as notícias sobre tecnologia, ciência e cultura, reviews e comparativos exclusivos de produtos, além de descontos imperdíveis em ofertas exclusivas