Depois de fechar 155 lojas na última semana, a Circuit City fez um requerimento de proteção contra falência – o Capítulo 11 da Lei de Falências dos EUA – em tribunal em Richmond, Virgínia. A rede varejista, que conta com 721 lojas nos EUA e 770 no Canadá, anunciou ter US$ 3,4 bilhões em ativos e dívidas de US$ 2,32 bilhões. Ela deve US$ 119 milhões à HP, US$ 116 milhões à Samsung e US$ 60 milhões à Sony. Em dois anos, perdeu mais de US$ 5 bilhões em valor de mercado.

A Circuit City tem intenção de manter suas lojas operando normalmente. Basicamente, sob proteção do Capítulo 11, as empresas têm uma chance de se reorganizarem a fim de evitar seu fechamento. De acordo com Gary Merson, do HD Guru, um representante disse que eles continuarão a honrar e a vender vale-presentes durante o período. [Bloomberg – Valeu, Gary]