Ciência

Aplicativo criado para alunos e professores do ensino básico visa estimular estudo dos seres vivos

A ferramenta pedagógica permite a publicação de fotos georreferenciadas da fauna e da flora brasileira

Agência FAPESP*

Pesquisadores da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FE-USP) lançaram um aplicativo – denominado Click Biota – e um website a ele vinculado para estimular o estudo dos seres vivos nativos nas aulas da educação básica. A ferramenta pedagógica permite a publicação de fotos georreferenciadas da fauna e da flora brasileira.

Muito além de ser apenas uma galeria de imagens, o mural é voltado ao registro das espécies nativas. O objetivo é estimular professores, alunos e a comunidade em geral a conhecer as espécies animais e vegetais de seu entorno, elemento fundamental para o engajamento em ações de conservação ambiental. As fotos, uma vez expostas, são visualizadas por todos os participantes, que incluem pesquisadores e especialistas de zoologia, botânica e ecologia, entre outros.

O website e o aplicativo foram desenvolvidos no âmbito do Projeto Temático O Programa BIOTA-FAPESP na educação básica: possibilidades de integração curricular, vinculado ao Programa BIOTA-FAPESP e coordenado pelo professor Nelio Bizzo, da FE-USP.

Bizzo também é coordenador do EDEVO-Darwin, Núcleo de Pesquisa em Educação, Divulgação e Epistemologia da Evolução Biológica, ligado à Pró-Reitoria de Pesquisa da USP, onde o projeto foi desenvolvido.

O novo website possui materiais didáticos interativos para alunos, composto por exercícios com quadro de correção automática, relatórios para professores e materiais de apoio. Também tem um blog, com notícias sobre a biodiversidade brasileira, atualizadas semanalmente.

“O aplicativo de celular permite transformar o aparelho em algo útil não apenas para a educação, mas também para a ciência, porque podem ser produzidas imagens georreferenciadas da biota nativa. Ao longo do tempo, poderemos ter um grande banco de dados cobrindo uma área geográfica muito vasta”, comenta Bizzo. O próximo passo para estimular a participação dos alunos de todo o país é programar “olimpíadas”, onde vencem aqueles com mais imagens georreferenciadas e interações em suas publicações.

Participaram do projeto pesquisadores, pós-doutorandos e alunos de pós-graduação da USP, Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Universidade Federal do ABC (UFABC), Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS) e do Instituto Butantan, que integraram o Projeto Temático, além de bolsistas de iniciação científica de vários campi da USP, Unifesp, Universidade Estadual Paulista (Unesp), Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas).

O aplicativo de celular Click Biota é gratuito, está disponível nas plataformas Android e iOS, nas lojas Google Store e na Apple Store. O website pode ser acessado em: biota.fe.usp.br/.

* Com informações do Programa BIOTA-FAPESP.

fique por dentro
das novidades giz Inscreva-se agora para receber em primeira mão todas as notícias sobre tecnologia, ciência e cultura, reviews e comparativos exclusivos de produtos, além de descontos imperdíveis em ofertas exclusivas