Sempre que você sai para ver um espetáculo, seja com atores no palco ou o último caça-níquel de Hollywood, o lugar onde você se senta em relação à ação é de importância vital para o seu prazer ao assistir. Mas não é só uma questão de preferência — existe toda uma ciência para pegar o melhor lugar. Aqui ensinaremos como aproveitar ao máximo o dinheiro gasto nos ingressos.

Cinema

Cinemas modernos têm uma área definida onde o visual e o áudio são otimizados. Claro, o local desse “ponto-chave” depende de quem fala. De acordo com o padrão THX, o melhor lugar é o assento que garanta que você está ” a um ângulo de visualização de pelo menos 36º do assento mais distante do auditório.” Aqui está o guia visual da Sociedade de Engenheiros de Cinema e Televisão (SMPTE, na sigla original), descrita por Ralph Davis, Vice-Presidente de Instalações da AMD:

“Os ângulos horizontais subentendidos pelas linhas de visão do consumidor dos cantos da esquerda para a direita da tela deve ter não menos do que 30º. A linha de visão vertical do telespectador não deve exceder 35º da horizontal para o topo da imagem projetada. Idealmente, a linha de visão deve ter 15º abaixo da linha central horizontal da imagem.”

Para ter a melhor qualidade de som, assumindo que o ambiente não use o novo sistema Dolby Atmos, assegure-se de se sentar onde o técnico de áudio fica durante a calibragem — dois-terços a caminho do fundo do auditório, bem no meio. Você talvez possa querer se sentar um tiquinho fora do centro para amplificar o efeito estéreo, já que o centro exato é o ponto focal para os dois canais de áudio.

Teatro

A posição ideal para assistir a teatro (seja Shakespeare ou O Livro de Mormon) é extremamente subjetiva e varia dependendo do espetáculo, do local e do seu gosto pessoal.

Os tradicionais “melhores assentos da casa” são os destinados à crítica na metade frontal do centro da seção da orquestra, fileiras 5-12. Isso coloca o espectador no mesmo nível de visão que o diretor tem durante o desenvolvimento da performance — você basicamente vê a peça como ela “foi feita para ser vista”. Além disso, a visão de assentos mais ao fundo, para além da fileira 12, pode ser parcialmente bloqueada pelas cadeiras superiores.

Entretanto, como Randy Taradash, diretor de marketing da American Conservatory Theater em San Francisco, explicou ao Gizmodo:

“Estou no mercado de teatro há 15 anos e por 10 anos antes disso eu tive uma venda de ingressos. Se você perguntar a 100 pessoas, terá 100 respostas. Eu sempre me surpreendo com como as pessoas classificam uma experiência de primeira qualidade. É diferente para todos e muda de teatro para teatro, de show para show. Há pessoas que amam estar bem na frente, há pessoas quem adoram ficar no fundo.

É, também, uma experiência pessoal. Algumas pessoas sentem que não conseguem ouvir direito no teatro a menos que estejam bem na frente dos atores. Outras podem ficar contentes com seus assentos ou nervosas com eles dependendo de onde você está, não importa se na 10ª fileira, no centro ou na 18º fileira lá do outro lado.

Dito isso, claro que temos assentos premium — e o público em geral costuma achar que os melhores lugares são apenas os centrais. Mas você pode estar bem no meio e ter alguém com 2,20 metros na sua frente. Não dá para saber. É uma daquelas coisas que você onde você precisa frequentar um local e realmente conhecê-lo, testar diferentes lugares.”

Home Theater

O home theater talvez seja o mais desafiador dos três. Você precisa levar em conta não só o tamanho da tela em relação ao tamanho da sala, mas também pensar em como o posicionamento dos móveis afetará o áudio e os ângulos efeitos de visão 3D.

O método THX

O padrão de home theater THX dita que a distância de visão apropriada é o tamanho da sua tela na diagonal dividida por 0,84, o que significa que a distância apropriada para uma TV de 55″, por exemplo, deveria ser de 1,65 metro (55″ / 0,84 = 65″ = 1,65 metro de distância). Além disso, o conjunto não deve exigir jamais que o espectador olhe para cima mais do que 15º além do nível dos olhos, nem mesmo se você quiser realmente se sentar na frente e bem no meio.

Distâncias recomendadas pela THX:

  • TV de 35″: 10,6 a 1,52 metro
  • TV de 40″: 1,22 a 1,82 metro
  • TV de 50″: 1,52 a 1,75 metro
  • TV de 60″: 1,82 a 2,74 metros

O método Kipnis

Claro, a regra dos 84% é uma ferramenta útil de estimativa para a maioria das TVs, mas onde você se senta quando está vendo uma tela realmente grande? A resposta é: qualquer lugar.

Jeremy Kipnis trabalhou como calibrador profissional nos últimos 22 anos e ele é o fundador dos Estúdios Kipnis, fornecedor dos home theaters mais avançados do mundo. Imagine um home theater que tenha som surround 12.12 e uma projeção 4K em uma tela de cinema de 6,70 metros.

Como Kipnis explica ao Gizmodo:

“Minhas visões são de ter a tela como uma janela aberta. O estilo da cinematografia realmente determina o quão próximo ou afastado você se senta da imagem. Hoje, muitos filmes são feitos como se estivessem nos anos 1960 — para telas muito, muito grandes. Você vê que as telas estão ficando maiores e maiores — 60, 70 e até 80 polegadas.

Se você tem uma imagem maior, você não pode simplesmente se sentar mais longe. A oportunidade com essas telas grandes, e de resoluções maiores, dão é a chance de ver mais detalhes precisamente porque você está se sentando na mesma distância. Então ela passa a ser algo mais do que uma janela.

O que acontece é que a imagem ocupa mais espaço no fundo da sua retina. Nas melhores situações, ela ocupa todo o campo de visão. Aí fica a cargo de quem conta a história usar esse espaço para se comunicar. É mais poderoso do que assistir em uma tela pequena.”

Diferente de setups domésticos THX, Kipnis sugere que se você quiser se sentar bem em frente do seu home theater, vá sem medo. O melhor lugar no seu próprio cinema em casa deve ser aquele bem em frente à tela. [THX 12 – Kipnis Studios – Mind Your Decisions – Google Scholar – eHow – About Theater –How Stuff Works – Imagem: AMA / Shutterstock – Agradecimentos especiais a Randy Taradash e Jeremy Kipnis]