Ser capaz de gravar a tela do PC ou Mac pode ser útil por todos os tipos de razões – desde transmitir suas partidas de jogos para o mundo até mostrar aos seus pais como ativar o software antivírus – e existem várias maneiras de fazer isso. Estas são as principais opções de software e hardware a serem consideradas.

Software de Gravação

Agora, tanto o Windows como o macOS possuem ferramentas de gravação de tela integradas, embora esse recurso seja mais direto em um Mac.

Como gravar a tela do seu PC Windows

O gravador de tela do Windows é focado principalmente em jogos, embora você possa usá-lo para o que quiser.

  1. Encontre o aplicativo Xbox Game Bar no menu Iniciar;
  2. Abra-o e clique no botão Gravar (o círculo cinza claro dentro de um círculo cinza escuro em Capturar).

Pressione o botão Parar para interromper as gravações e Mostrar todas as capturas para ver seus vídeos. Observe que apenas a janela ativa é gravada.

Opção para gravar a tela do PC WindowsA barra de jogos do Xbox no Windows. Captura de tela: Gizmodo

Como gravar a tela do seu Mac

    1. Pressione Shift+Cmd+5 para abrir a barra de ferramentas de captura de tela;
    2. Escolha se deseja gravar a tela inteira ou apenas uma parte dela;
    3. Pressione Gravar.

O botão Parar aparecerá na barra de menus. As gravações de tela também podem ser feitas através do QuickTime (clique em Arquivo e depois em Nova gravação de tela).

Opção para gravar a tela do MacA ferramenta de gravação de tela simples disponível no macOS. Captura de tela: Gizmodo

Outras opções de programas

Uma infinidade de opções de software de terceiros também está disponível, oferecendo uma variedade de recursos extras de gravação e edição para seduzi-lo a usá-los. Talvez a melhor opção gratuita seja o OBS Studio para Windows ou macOS, que é abrangente e poderoso, se for um pouco difícil de escolher para o completo iniciante.

Ao carregar a interface, você verá que pode adicionar várias fontes de vídeo na caixa Fontes – uma janela ou jogo específico, ou a tela inteira, por exemplo. Além disso, você pode definir a gravação de áudio de um microfone conectado e o áudio produzido pelo seu computador. Felizmente, o OBS Studio possui um documento de ajuda abrangente para guiá-lo passo a passo no processo.

Em termos de opções pagas, o Camtasia (Windows e macOS) é uma escolha bem conhecida para profissionais que precisam de um produto polido e rico em recursos e não se importam em pagar por isso – você pagará US$ 250 se optar por uma taxa única ou US$ 50 por ano para uma assinatura (que inclui todas as atualizações anuais), embora esteja disponível uma avaliação gratuita. É melhor você ter certeza de que precisa de todos os recursos antes de gastar dinheiro.

Esses recursos incluem a capacidade de incluir efeitos, sobreposições de músicas, títulos, anotações e transições, além de opções para aplicar zoom e animar gravações na tela e suporte para elementos interativos (como questionários) nas suas gravações. Além de gravar sua tela, você também pode gravar seu feed da webcam e outras fontes de vídeo.

Tela do OBS StudioOBS Studio é uma ferramenta de captura abrangente e gratuita para Windows e macOS. Captura de tela: Gizmodo

Se você não deseja gastar tanto e não precisa de tantos recursos, o TinyTake (Windows e macOS) merece sua consideração: possui uma interface simples e agradável para capturar janelas ou a tela inteira, algumas ferramentas úteis de anotação e opções de compartilhamento de vídeo integradas. Clipes com até cinco minutos de duração podem ser gravados gratuitamente; depois disso, você precisará obter uma assinatura, e ela custa US$ 30 por ano.

Aqueles que gastam US$ 70 ou mais por ano no Office 365 já têm um gravador de tela no seu sistema – ele está embutido no PowerPoint, embora apenas na versão do Windows no momento. Abra a guia Inserir e clique em Gravação de tela para gravar parte ou toda a tela – isso serve principalmente para inserir em suas apresentações, mas você também pode salvar o vídeo em disco, clicando com o botão direito do mouse e escolhendo Salvar mídia como.

Hardware de Gravação

Às vezes, as opções de software simplesmente não são suficientes – talvez você precise gravar o que está na tela antes de o sistema operacional iniciar corretamente ou talvez precise capturar algo que os aplicativos não conseguem, por qualquer motivo. Para gravar a tela do seu PC ou Mac em tarefas mais complexas, você pode investir em um dispositivo de hardware dedicado.

Como no software, você tem várias opções para escolher. A boa notícia é que a maioria deles tem um preço relativamente acessível – essas placas de captura geralmente são projetadas para jogadores que desejam transmitir imagens de console para a Web, mas funcionam em computadores e outros dispositivos com saída HDMI também.

Placa de captura HD60 S+ da ElgatoO HD60 S+ da Elgato. Foto: Gizmodo

Elgato talvez seja o nome mais conhecido do mercado, oferecendo uma variedade de placas de captura que funcionam com computadores Windows e macOS, além de consoles. Para ter uma ideia de como o processo funciona, no caso do HD60 S+ de US$ 200, conecte-o à saída HDMI no computador em que deseja capturar e a uma porta USB sobressalente no computador para o qual deseja usar a captura real.

Você pode usar o mesmo computador Windows ou macOS para exibir e gravar, se desejar, embora obviamente seja mais fácil usar, digamos, um desktop e um laptop em conjunto (especialmente se você estiver gravando programas com muitos recursos). A máquina de onde você está gravando reconhecerá o Elgato HD60 S+ como um monitor externo, então você precisa espelhar ou estender a sua área de trabalho, conforme necessário (Exibição em Configurações do Windows ou Monitores em Preferências do Sistema no MacOS).

Tela do software da ElgatoCaptura do Windows no macOS com o software Elgato. Captura de tela: Gizmodo

Depois disso, você precisa do aplicativo de captura do Elgato, que é gratuito para baixar e usar. Combina captura e edição, permitindo ajustar as configurações de gravação de vídeo, misturar saídas de áudio, adicionar comentários de voz (muito úteis para as sessões de jogos) e transmitir as imagens para a Web, além de salvá-las em disco.

Outro software de captura de vídeo funcionará com o Elgato HD60 S+, incluindo o pacote OBS Studio que mencionamos acima. Geralmente, é melhor ficar com o software desenvolvido pela mesma empresa da placa de captura que você escolheu para evitar problemas de compatibilidade, mas uma caixa de placa de captura normalmente produz um fluxo de vídeo que a maioria dos aplicativos será capaz de reconhecer.

Tela de software da ElgatoO Elgato HD60 S+ conectado a uma Apple TV. Captura de tela: Gizmodo

Essas placas de captura podem funcionar com uma variedade de dispositivos com saída HDMI – elas apenas ficam entre o dispositivo e o monitor ou aparelho de televisão conectado (portanto, você precisará de dois cabos HDMI em vez de um e um computador para capturar). Se você precisar gravar imagens de uma caixa de streaming de mídia, por exemplo, isso geralmente é possível.

[produto_amazon1]

Como dissemos, enquanto o Elgato HD60 S+ é o hardware que usamos como exemplo aqui, porque na verdade temos um em mãos, outros estão disponíveis: incluindo os da AverMedia, Razer e Hauppauge. Alguns são capazes de capturar imagens diretamente em um cartão de memória, sem a necessidade de um computador, embora você obviamente perca a oportunidade de visualizar e controlar suas gravações em tempo real.

Mas esses dispositivos de captura normalmente não são necessários se você estiver apenas tentando ajudar um membro da família que mora longe. Para esse tipo de tarefa, os gravadores de tela integrados da Apple e/ou Microsoft podem oferecer tudo o que você precisa para gravar a tela do seu PC ou Mac.

O Gizmodo Brasil pode ganhar comissão sobre as vendas. Os preços são obtidos automaticamente por meio de uma API e podem estar defasados em relação à Amazon.