Existem audiófilos esnobes e iludidos que passam o dia fazendo trolling em fóruns na internet, discutindo sobre méritos acústicos de refrigeradores criogênicos e codificação da entropia perceptiva espectral adaptativa. E existe Ken.

Você pode até dizer que o equipamento dele é um roubo (seus speakers, Bowers & Wilkins 802D, provavelmente lhe custaram cerca de US$ 15 mil), mas não conteste seu entusiasmo. Durante esses dez minutos, Ken, o Audiófilo, é o homem mais feliz do mundo todo, e ele tem que agradecer apenas a B&W, Keith Richards e seu analista de crédito sua cerveja por isso. [Valeu, Jonathan]