O mundo nunca se urbanizou tão rápido como agora, com mais da metade da população mundial atualmente vivendo em cidades – mais do que em qualquer outro momento da história. Mas quando essa tendência de urbanização começou? Isso vem de muito antes do que imaginávamos.

Um estudo interessante realizado por pesquisadores da Universidade de Yale, nos EUA, e publicado na Scientific Data examinou as várias formas como historiadores mediram o tamanho e densidade de cidades, desde civilizações antigas até as megacidades de hoje. Para isso, eles precisaram transcrever e organizar informações de dezenas de estudos antigos, alguns que ainda não tinham sido digitalizados. Eles acabaram juntando o maior conjunto de dados da população urbana mundial da história – que traça o desenvolvimento das cidades há mais de 6.000 anos.



Com esses dados, Max Galka criou um vídeo que mostra quando cada uma dessas cidades surgiu no mapa mundial, o momento em que elas passaram a ter população o suficiente para serem consideradas “cidades” (o que é relativo, evidentemente). O vídeo mostra como a urbanização se espalhou pelo mundo ao longo de séculos, tudo isso condensado em alguns poucos minutos.

Em seu site, Galka também disponibiliza os dados em um mapa e inclui links para o estudo. Ele destaca a importância do levantamento, do ponto de vista de dados. “Em 1960, apenas 34% do mundo vivia em cidades. A coletânea mais compreensiva de dados da população urbana disponível, da ONU, só usa dados a partir de 1950,” ele diz. “Agora é possível analisar a história dessas cidades ao longo de um período de tempo muito maior.”

[Metrocosm via CityLab]