O blog de tecnologia militar Defense Tech tem uma análise interessante do que aconteceu nos ataques norte-coreanos aos sites dos governos dos EUA e da Coreia do Sul. Dada a infraestrutura de telecomunicações patética de Kim Jong Il, a conclusão do blog é tanto assustadora quanto, bem, triste.

Para começode conversa, o governo americano ignorou os avisos de ataques e admitiram que não lidaram adequadamente com os bem-sucedidos ataques DDoS (ataque distribuído de negação de serviço) vindos da Coreia. Eles acharam que as defesas funcionariam perfeitamente contra o ataque de alguns toscos norte-coreanos. E estavam errados:



As atuais defesas americanas contra ataques cibernéticos são lamentavelmente inadequadas contra até mesmo ataques de nível moderado como os que vimos agora.

Como esses ataques foram direcionados ou enviados de sistemas em 16 países, o Defense Tech recomenda ao governo e países amistosos a assinar acordos sobre defesas cibernéticas o mais rápido possível.

A parte mais assustadora: como reagir a estes ataques? A agência de inteligência sul-coreana diz ter documentos do governo da Coreia do Norte ordenando esses ataques eletrônicos. Se for o caso, será que os Estados Unidos devem retaliar? Mesmo que não haja caos, destruição e fumaça, ataques DDoS podem causar danos reais no mundo virtual e têm o potencial de paralisar a economia.

O problema aqui é que um ciber-contra-ataque teria pouco efeito na Coreia do Norte, dada a parca infraestrutura deles. A outra opção é usar bombas reais para responder a ciberataques, como vimos antes. Não sei o que vai acontecer, mas é melhor estes norte-coreanos se prepararem, porque o futuro para eles não parece nada bom. [Defense Tech]