Como fazer um anúncio para pornografia sem precisar de duas pessoas transando

A internet está cheia de pornografia. Tão cheia, na verdade, que o PornHub decidiu se destacar com uma campanha publicitária à luz do dia, sem ficar limitada a sites XXX. Para uma empresa especializada em obscenidade, isso é mais fácil falar do que fazer. Claro, anúncios públicos de pornografia têm que ser um pouco mais […]

A internet está cheia de pornografia. Tão cheia, na verdade, que o PornHub decidiu se destacar com uma campanha publicitária à luz do dia, sem ficar limitada a sites XXX. Para uma empresa especializada em obscenidade, isso é mais fácil falar do que fazer.

Claro, anúncios públicos de pornografia têm que ser um pouco mais requintados do que o tradicional “mulheres solteiras precisam de sexo carinho“, por exemplo. Por isso, aproveitando a própria internet, o Pornhub está contando com a ajuda de outras pessoas.

Em março, o site começou a recolher propostas de campanha publicitária, e agora escolheu 15 finalistas. Todos são deliciosamente insinuantes, mas mantêm o bom gosto.

Você pode conferir alguns dos nossos favoritos abaixo, e visitar o tumblr do Pornhub para ver os outros e votar nos seus preferidos. Não tem nada NSFW aqui, então pode clicar sem medo: [PornHub/Tumblr]


Tudo que você precisa é de uma conexão

A jornada de um jovem para se reconectar com seu único e verdadeiro amor.


Sapatos

Então eles transaram de meia, acho.


O maior acervo mundial de nada

“- O que você está assistindo?” “- NADA.”


#TodoMundoFaz

Até o papai e a mamãe.


Procura-se quem digite com uma só mão

Caso esta campanha saia vencedora, recomendamos a futuros candidatos a secretário(a) que leia com muito cuidado os classificados do jornal.


O maior site faça-você-mesmo

Maior do que aqueles sites de artesanato.


Duplo sentido

Onde você vai descer/bater uma?

Isso é exatamente o que você quer ver quando está sentado ao lado de um desconhecido por 20 minutos.


Algo para todos

Nós temos de tudo.

Pode homem com homem com mulher com… eita.

Sair da versão mobile