A diferença salarial entre homens e mulheres é bastante surpreendente na maior parte do mundo. Nos Estados Unidos, as mulheres recebem 80 centavos para cada dólar que um homem recebe. No Canadá, esse número é de 73 centavos. Mas lá no início dos anos 1980, alguns previram o desaparecimento completo dessa diferença, especificamente no ano de 2017.

• Este BB-8 gigante de brinquedo pode ser o seu robô de estimação ideal
• Conheça as mulheres que ajudaram a NASA a alcançar as estrelas

Um artigo de 1981, intitulado “Igualdade de salários até o ano de 2017”, projeta de forma otimista o futuro para as mulheres canadenses, citando as estatísticas mais recentes da época sobre salários, em 1979. Naquele ano, as canadenses recebiam 63% do que os homens para o mesmo trabalho. Mas tudo isso iria mudar até o ano de 2017, insistia o autor.

Excerto do artigo de 2 de julho de 1981, no Medicine Hat News:

Em 1979, no Canadá, a mulher assalariada média recebeu C$ 11.741 (no ano), em comparação com o salário médio de C$ 18.537 do homem.

Esses números representam um aumento em relação a 1977, quando a mulher recebeu C$ 9.790 e o homem, C$ 15.777.

Isso significa que os salários das mulheres, embora menores, estão crescendo a uma taxa superior ao dos homens — 19,9% contra 17,4%, em dois anos.

Neste ritmo, os salários das mulheres vão alcançar os dos homens em 2017, quando todos poderemos estar ganhando C$ 336.000 por ano se a inflação continuar a mesma.

Mas as coisas se estabilizaram para as mulheres canadenses quando se trata de diminuir a distância entre salários, agora, no ano de 2017.

“Embora a cultura canadense tenha uma ênfase em todos os aspectos da diversidade, o Canadá tem agido bem lentamente para lidar com problemas como a diferença salarial entre homens e mulheres”, contou Sarah Kaplan, professora da Universidade de Toronto, em entrevista ao Huffington Post Canada, no ano passado. “O que não sabemos sobre a diferença salarial entre homens e mulheres no Canadá é que ela está congelada”.

pccytigk8ii2us7lvlgo

É verdade que os 73 centavos a cada dólar em 2017 é certamente melhor que os 63 centavos que as mulheres canadenses recebiam em 1979. Mas é vergonhoso que, já bem encaminhados na segunda década do século XXI, ainda tenhamos que alcançar essa paridade.

Imagem do topo: David Ryder/Getty Images