Você já deu uma olhada no Doodle desta segunda-feira (9)? Ele celebra a data de nascimento da atriz de Hollywood e inventora Hedy Lamarr. A história dela é curiosa, pois em 1941 ela se aliou ao compositor George Antheil e patenteou a ideia de um sistema de frequências múltiplas aleatórias. Basicamente, o Wi-Fi só existe graças a ela.

A tecnologia, a princípio, foi desenvolvida para ajudar a criar códigos com uma criptografia inquebrável para a comunicação da Marinha dos EUA, durante a Segunda Guerra Mundial.

Em um primeiro momento, a Marinha recusou a ideia, mas os dois patentearam o sistema. Por mais de duas décadas ele foi praticamente inútil. Isso começou a mudar nos anos 1960, quando foi provado que o sinal era mais forte quando transmitido em múltiplas frequências. Isso possibilitou diversas formas de comunicação wireless, como a telefonia celular – o conceito de frequências múltiplas aleatórias é o que faz com que as conversas por celular não fiquem cruzadas.

E não só isso, o desenvolvimento de redes sem fio deve muito a Lamarr e Antheil. Bluetooth e Wi-Fi não existiriam sem o sistema criado pela dupla. Lamarr morreu em 2000, mas o legado da sua invenção está cada vez mais presente nas nossas vidas. Então obrigado, Hedy, por permitir que a gente acesse a internet em qualquer lugar.

[Google]