Não dá para dizer que qualquer um dos livros de Harry Potter poderia ser transformado em filme sem os benefícios das técnicas modernas de efeitos visuais. E embora muito do que vemos nos filmes de sucesso de hoje em dia seja criado por um computador, é divertido ver aqueles truques à moda antiga, no set de gravação, usados para fazer filmes como Animais Fantásticos e Onde Habitam antes dos efeitos serem adicionados.

Embora o filme tenha chegado aos cinemas em 2016, o estúdio de efeitos visuais Double Negative liberou só agora suas imagens de bastidores no trabalho de pós-produção do filme. Muitos dos sets em Nova York parecem ser completamente fabricações digitais, mas tem algo prazeroso em assistir a carros antigos sendo puxados por cabos para simular o chão sendo partido ao meio debaixo deles — quando, na verdade, nada está acontecendo no set.

E então, é claro, tem os próprios animais fantásticos…

[Vimeo via Art of VFX]