Uma empresa chilena desenvolveu um método para criar um novo tipo de combustível que promete ser mais sustentável. Na prática, é um substituto da gasolina convencional, podendo ser utilizado em motores de carros, navios e aviões, sem a necessidade de modificações tecnológicas.

O novo combustível foi batizado de eFuel, e é uma criação da Highly Innovative Fuels (HIF). Todo o processo de produção do novo combustível é feito sem utilizar o petróleo, tendo como matéria-prima apenas a água e o ar.

Para isso, são utilizados eletrolisadores, responsáveis por dividir a água em oxigênio e hidrogênio, por meio do uso de energia eólica. A partir daí, o dióxido de carbono capturado da atmosfera é filtrado e combinado com o hidrogênio da água para produzir o metanol sintético, que é convertido no eFuel. O processo é explicado no vídeo abaixo.

Por mais que as grandes montadoras estejam empenhadas em desenvolver carros elétricos, marcas como Volkswagen, Audi e Bosch também estão apostando no desenvolvimento de combustíveis sintéticos e de zero carbono. Recentemente, a Porsche e outras empresas anunciaram o investimento de US$ 260 milhões na produtora chilena.

A expectativa é que o local produza neste ano cerca de 130 mil litros de eFuel. A ideia da HIF é capturar mais de 25 milhões de toneladas por ano de CO2 na atmosfera e produzir aproximadamente 150 mil barris por dia de eFuel.

Segundo a startup, os postos de gasolina não precisariam ser alterados, pois, os consumidores poderiam simplesmente acessar as bombas existentes e encher seus tanques. Além disso, o eFuel poderia ser transportado pelo mundo da mesma forma que outros combustíveis convencionais de hoje em dia.

“[O eFuel] é a nossa resposta ao desafio global das mudanças climáticas e descarbonização, que exige uma solução global, tornando nossa expansão em mercados internacionais uma parte crucial da nossa estratégia”, afirmou César Norton, Presidente e CEO da HIF Global.