Na última terça-feira (28), foi comemorado o Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+. No streaming, diversos títulos trazem representatividade, histórias de amor, aceitação, superação e outros temas relacionados à causa.

Pensando nisso, separamos uma seleção de produções para comemorar o mês do Orgulho LGBTQIA+. Se liga só:

Crush

Esta comédia romântica acompanha uma jovem estudante e aspirante a artista, Paige (Rowan Blanchard), que sai de sua zona de conforto ao perceber que entrar para o time de atletismo é sua última chance para aproximar-se da garota que sempre foi apaixonada. Mas ao fazer isso, acabará despertando sentimentos por outra colega de time.

O filme está disponível exclusivamente no Star+.

Heartstopper 

Um dos destaques da Netflix em 2022, Heartstopper” traz uma trama leve e positiva, com direito a final feliz. Sem deixar de lado o preconceito, a história retrata a relação entre os estudantes Charlie Spring e Nick Nelson enquanto eles descobrem a paixão um pelo outro. 

A série está disponível exclusivamente na Netflix.

Love, Victor

Situado no mesmo universo do filme de 2018 “Com Amor, Simon” (também disponível no Star+), a série segue Victor (Michael Cimino), um novato da escola Creekwood High, em sua própria jornada de autodescoberta, enfrentando desafios em casa, se adaptando a uma nova cidade e explorando sua orientação sexual. Quando tudo parece demais, ele recorre a Simon (Nick Robinson) para ajudá-lo a navegar pelos altos e baixos do ensino médio.

A produção tem 3 temporadas disponíveis exclusivamente no Star+.

Euphoria 

“Euphoria” aborda os dilemas da juventude — e, entre eles, gênero e sexualidade são um dos focos. A trama principal envolve a relação entre Rue (Zendaya) e Jules (Hunter Schafer), uma menina trans que enfrenta dilemas sobre a sua identidade. No meio disso, a série discute temas como o tratamento da transsexualidade, a busca por validação e a sexualidade. 

As duas temporadas estão disponíveis na HBO Max.

A Garota Dinamarquesa

Cinebiografia de Lili Elbe (Eddie Redmayne), que nasceu Einar Mogens Wegener e foi a primeira pessoa a se submeter a uma cirurgia de mudança de gênero. O longa foca no relacionamento amoroso do pintor dinamarquês com Gerda (Alicia Vikander) e sua descoberta como mulher.

O filme está disponível exclusivamente no Star+.