A vida está difícil e você gostaria de tirar uma pequena pausa? Faça isso e aprecie uma das coisas mais incríveis que você verá nos últimos tempos, cortesia dos cientistas a bordo da embarcação de exploração E/V Nautilus: esta incrível enguia.

• Cientistas deram ecstasy para polvos, e o resultado foi profundo

O E/V Nautilus tem explorado o fundo do mar desde 2008, com os propósitos tanto de fazer ciência quanto de descobrir coisas legais usando veículos submarinos operados remotamente (ROVs, na sigla em inglês). Na manhã desta sexta-feira (21), a equipe estava vasculhando uma área até então inexplorada no Monumento Nacional Marinho Papahanaumokuakea, no Havaí — um jardim coral cheio de formas estranhas e torcidas que surgem no escuro dos 1.800 metros abaixo da superfície. Mas não estamos aqui para falar disso.

Estamos aqui para falar disso:

Em um mergulho na quinta-feira (20), a equipe se deparou com uma enguia Eurypharynx pelecanoides. A equipe a apelidou de “muppet do fundo do mar”.

O vídeo mostra uma pequena e fina enguia que parece bastante comum. Porém, à medida que o ROV se aproxima, a diversão começa. As enguias conseguem abrir suas bocas quase como se fossem uma dobradiça, de forma que as permita aspirar uma grande quantidade de presas e parecer muito maior para possíveis predadores.

Conforme o ROV se aproxima, a enguia fica completamente no modo “filme de terror”, expandindo sua boca e se movendo como uma ilusão de óptica. A melhor parte disso tudo é as reações dos cientistas. Eles podem até ser profissionais treinados, que já viram várias coisas estranhíssimas em sua carreira, mas, ainda assim, não conseguem segurar os arquejos, as risadas e a exclamação de coisas como “meu deus do céu”.

É como assistir a Mystery Science Theater 3000. E com boa razão: o fundo do mar é cheio de maravilhas.

Imagem do topo: E/V Nautilus