O progresso tecnológico é incrível. Por exemplo: quando eu era adolescente, meu monitor de segurança atendia pelo nome de "mãe". Ela latia ordens para mim enquanto eu trafegava pelas ruas de Massachusetts, muitas vezes acima da velocidade permitida. No futuro? Computadores!

Ao menos é o que parece, se os incríveis resultados de um estudo sobre direção adolescente e prevenção de acidentes forem algum indicativo.

O teste envolveu um sistema de IVDR (In-Vehicle Data Recorder) que monitora e grava eventos perigosos de direção, como curvas muito acentuadas ou súbitas, aceleração excessiva e frenagens bruscas. Originalmente desenvolvido pela GreenRoad, uma empresa de San Francisco especializada em segurança de caminhoneiros, o sistema pega estas informações e "avalia" o motorista. Luzes verdes, amarelas e vermelhas informam ao condutor como ele está se saindo a qualquer momento.

O sistema soa simplista, mas os dados sugerem algo notável. Nos carros equipados com o sistema, a ocorrência de eventos perigosos de direção diminuiu pela metade.

Impressionante, mas nós imaginamos que os revoltados adolescentes ainda vão conseguir reclamar de que não é justa tamanha bisbilhotice por parte dos pais. Felizmente, há um app para isso. O sistema é baseado em acelerômetros, e o software pode facilmente ser transportado para smartphones, segundo o engenheiro Per-Olof Svnesk em um artigo da New Scientist.

Vocês, pais, já fuçam nos celulares dos seus filhos, então por que não aproveitar e instalar um aplicativo de segurança? De repente eles até curtem. [New Scientist]