A julgar pela sua arte bastante dark e toda mecanizada, Kris Kuksi provavelmente teve uma infância muito perturbada (ou então tomava ácido em cemitérios). Mas isso não faz das peças dele menos iradas.

39 79 80 75 43 81 36 82 51 53 70 84 40 48 50 47

As esculturas e dioramas (baixo-relevos, se você quiser entrar na tecnicalidade) de Kuksi tendem a olhar para as tensões entre o mundo antigo e o mundo moderno, com grande ênfase nos temas de religião, conquista e morte. E ele conseguiu fazer tudo isso mantendo uma sensibilidade tecnológica em sua arte que me fez ter um nerdgasmo. Como aponta o Art Machines, estas imagens não fazem jus às obras, mas você pode ir até o site do Kuksi para ver todas as complexidades.

Algumas peças, em especial as envolvendo tanques, são nitidamente políticas, enquanto outras focam bastante na religião. Mas as minhas prediletas são as exibidas acima, a peça com o Zeppelin e a obra do esqueleto aninhando um vilarejo – que se parece vagamente com Zion (a cidade subterrânea de Matrix) misturada com mitologia japonesa antiga. E há toneladas de outras esculturas no site do Kuksi que você deve definitivamente dar uma olhada. [Kris Kuksi via Art Machines]