Os chips vão ficando cada vez menores, mas mesmo aqueles que são feitos de silício de baixo consumo usam fontes de energia externas, porque diminuir baterias não é um trabalho fácil. Mas estas novas microbaterias podem finalmente colocar fontes de energia diretamente nos chips — e em pequeninos sistemas de computador com qualquer utilidade que você possa imaginar.

A nova bateria foi produzida por pesquisadores da Universidade de Illinois na Urbana-Champaign usando uma combinação de litografia holográfica 3D e fotolitografia 2D. “Utilizamos litografia holográfica 3D para definir a estrutura interior dos eletrodos e fotolitografia 2D para criar o formato do eletrodo que queríamos”, explica Hailong Ning, um dos pesquisadores ao PhysOrg.

A pequena bateria de íon de lítio resultante do processo pode carregar uma corrente de 0,5 mA e acender uma luz LED. Os pesquisadores acreditam que ela poderá ser usada em sensores e transmissores sem fio, assim como implantada em dispositivos médicos e em qualquer produto pequeno que precise ter uma fonte própria de energia. [PNAS via PhysOrg]