Quimioterapia é uma forma brutal de salvar vidas de doenças terríveis: ela pode diminuir o número de glóbulos brancos, o que dificulta a luta do corpo contra infecções. O Neolastim (pegfilgrastim) é uma substância que ajuda o corpo a produzir glóbulos brancos, se aplicada um dia após a quimioterapia. E é aí que este adesivo entra em cena. Ele injeta automaticamente a dosagem necessária, 27 horas depois do tratamento, exatamente quando o paciente precisa.

Os efeitos colaterais da quimioterapia são notoriamente desagradáveis e ter de retornar ao centro médico para uma injeção pouco mais de um dia depois do tratamento, enquanto o paciente está se recuperando, não é fácil. A Amgen, companhia responsável pelo Neolastim, criou este adesivo injetor que permite aos pacientes receberem a dosagem necessária do remédio enquanto se recuperam no conforto de suas casas.

Não se trata de um simples adesivo, mas de um adesivo injetor: a aplicação precisa ser feita por um médico ou por um especialista. O paciente precisará ter uma pequena agulha inserida sob a pele para que o corpo receba o medicamento corretamente. Entretanto, ele pode ser posicionado e preparado enquanto o paciente recebe a quimioterapia e ficar lá pelo tempo necessário. Após a injeção, o adesivo pode ser facilmente removido pelo paciente ou pelo responsável por ele, sem a necessidade de mais intervenções médicas. Desta forma, não existe mais a necessidade de visitar o médico horas após o tratamento, quando os pacientes estão em péssimo estado e espera-se que isso torne a quimioterapia um pouco mais suportável. [Amgen via medGadget]