Rachel Ann Hicks, de 36 anos e mãe de 3 crianças, supostamente fingiu ser uma garota de 23 anos em sua relação virtual – e depois nada virtual – com um garoto de 13 anos de Maryland. O que começou como uma conversa besta na Xbox Live acabou progredindo para “ligações, mensagens de texto e e-mails que às vezes envolviam Hicks enviando fotos e vídeos de conteúdo explícito ao garoto”, diz a NBC.

As autoridades locais dizem que Hicks visitou o garoto na vida real quando ela foi à Flórida visitar a família no Dia de Ação de Graças. “Ela encontrou a vítima em sua própria casa, e enquanto seus pais dormiam, ela fez sexo com ele”, disse o porta voz do xerife, Jim Amormino, disse. Hicks foi presa por suspeita de estupro e abuso sexual de menor e foi detida sem fiança elaborada. Crianças: mantenham suas mães pervertidas longe da Xbox Live, por favor. [NBC via The Register]