Ontem, Alexander Yee e Shigeru Kondo anunciaram que chegaram a um novo recorde do número pi, calculando-o até a casa número cinco trilhões – o que gerou 6 terabytes de dados – usando um só computador customizado. O quinto trilionésimo dígito? 2.

Kondo, um engenheiro japonês, construiu a máquina de US$18.000, e Yee, um estudante de ciência da computação americano, forneceu o software: y-cruncher, um programa multithread para calcular o pi. O cálculo levou 90 dias no total.

Mas além de chegar ao recorde mundial, o que Yee e Kondo queriam era expandir os limites do computador pessoal. Ou, como eles dizem, ver "quanto hardware podemos espremer em um computador e ainda torná-lo mais rápido?" Bem…

Processador

2 x Intel Xeon X5680 @ 3.33 GHz – (12 núcleos físicos, 24 núcleos com hyperthread)

Memória

96 GB DDR3 @ 1066 MHz – (12 x 8 GB – 6 canais) – Samsung (M393B1K70BH1)

Placa-mãe

Asus Z8PE-D12

Discos rígidos

1 TB SATA II (drive de boot) – Hitachi (HDS721010CLA332)

3 x 2 TB SATA II (para guardar o número pi) – Seagate (ST32000542AS)

16 x 2 TB SATA II (para cálculos) – Seagate (ST32000641AS)

Controller RAID

2 x LSI MegaRaid SAS 9260-8i

Sistema operacional

Windows Server 2008 R2 Enterprise x64

Construído por

Shigeru Kondo

Kondo disse que estava sozinho no quarto, por volta da meia-noite, quando o quinto trilionésimo dígito apareceu, apesar de que sua mãe e esposa, disse ele, não manifestaram "nenhum sentimento em particular" em relação à sua conquista. Que nada: elas queriam saber era o quinto trilionésimo primeiro dígito. [NumberWorld via SlashdotPhysOrg via PopSci via Gawker]