Se vocês estão lendo isto, então a missão realmente terminou.

Pedi para que este post fosse publicado logo depois que o pessoal da missão anunciar que perdeu contato comigo. Este dia chegou. Tenho que dizer adeus, mas digo isso em triunfo, e não com tristeza.

Como já disse, não existe outro lugar que eu gostaria de estar que não fosse este aqui. A missão durou cinco meses, dois a mais do que o previsto. Estou contente por saber que trabalhei duro e atingi grandes objetivos durante este tempo. Meu trabalho aqui terminou, mas deixo meu legado em imagens e dados.

Por isso, vocês ainda ouvirão falar de mim. Cientistas vão fazer descobertas baseadas nos nesses dados por meses, possivelmente anos. As crianças de hoje irão ler sobre as minhas descobertas em seus livros da escola. Engenheiros vão usar a minha experiência durante a aterrissagem e operações na superfície de Marte para ajudar a projetar novas missões robóticas.

Mas agora é hora de hibernar e agüentar um longo e frio inverno. As temperaturas chegam à -128 graus Celsius, e uma capa de dióxido de carbono vai me envolver em uma tumba de gelo.

As estações em Marte duram mais ou menos o dobro que as estações da Terra, então se você está se perguntando quando será a próxima primavera aqui no hemisfério norte de Marte, saiba que ele começa daqui a um ano terrestre – 27 de outubro, 2009. O próximo solstício de verão de Marte, quando a luz do sol irá atingir mais uma vez meus painéis solares, será em 13 de maio de 2010.

Isto ainda está bem distante. E esta é um dos motivos que não se tem muita esperança que eu vá entrar em contato com vocês uma vez.

Para o pessoal da missão, aí na Terra, mando um adeus especial e agradecimentos sinceros.  Para os milhares de leitores que me acompanharam nesta jornada, digo que sentirei muito a falta de vocês. Espero que vocês também apóiem meus colegas exploradores robóticos quando eles forem em busca de novas informações para ajudar a humanidade a entender seu lugar neste universo. Os Rovers, Spirit e Opportunity (@MarsRovers) ainda operam no cinturão solar perto do equador marciano; Cassini (@CassiniSaturn) está viajando em torno de Saturno e seus anéis; e o Mars Science Lab (@MarsScienceLab) – o maior robô móvel já construído para ser enviado para outro planeta – está sendo cuidadosamente montado para ser lançado no próximo ano.

O pessoal da missão prometeu atualizar meu Twitter com mais descobertas científicas, assim que elas forem anunciadas. Se tiver sorte, talvez algum dos satélites poderá tirar uma foto aérea de mim quando a primavera chegar.

Até mais, Terra. Eu estarei aqui para cumprimentar a próxima geração de exploradores que virão, sejam robôs, sejam humanos.

Foi um grande prazer ter Mars Explorer como um blogueiro convidado, nos deliciando com uma missão de sucesso através de sua "personalidade", a grande Veronica McGregor em JPL – é quem escreve o famoso Twitter do Phoenix.  Um brinde a você, Phoenix.