Quando uma explosão de celular mata uma pessoa, você acha que é um evento raro. Quando você fica sabendo que outra pessoa acabou de morrer pelo mesmo motivo, você começa a enxergar o seu como um assassino em potencial.

O celular desta vítima – um homem dentro de uma loja da Lenovo em Guangzhou, China – explodiu sem aviso no bolso da sua camisa, talhando uma artéria no seu pescoço, fazendo com que ele sangrasse até a morte. A bateria tinha sido recarregada recentemente e, de acordo com um funcionário colega, ela era completamente nova. A origem da bateria ainda é desconhecida.

Só por precaução, eu nunca mais porei meu iPhone dentro do bolso interno da minha jaqueta. Ou da minha calça, lógico. [Tech Ticker]