O Vine é um app lançado pelo Twitter que permite gravar vídeos de até seis segundos, e assim praticamente criar GIFs com som. Depois que o app atraiu forte interesse dos usuários – além de algumas controvérsias – já esperávamos que alguém aproveitasse o momento para lançar um app semelhante. O Facebook fez quase isso.

O Facebook atualizou seu app para iOS com a funcionalidade de gravar vídeos direto do app.

Ao criar um novo status e tocar no botão Câmera, você é levado às fotos e vídeos que você já tem. Mas lá embaixo, agora há um botão de câmera para você gravar um vídeo e compartilhá-lo se quiser. (O botão já estava presente na versão para Android.)

facebook-vine

Pode parecer coincidência que o Facebook tenha implementado esta pequena função em seu app, mas não é a primeira vez que o Facebook se inspira na concorrência para criar ou modificar seus apps. O Messenger não precisa de uma conta no rede social para funcionar – basta seu número de celular, como no Whatsapp. O Poke, um app que envia mensagens e fotos que se “autodestroem” depois de alguns segundos, é inspirado no popular Snapchat. E o app do Facebook pode receber um redesign que lembra muito o app do Google+.

A própria rede social já tentou clonar funções da concorrência, como Foursquare (check-ins), Groupon (compras coletivas) e Quora (perguntas e respostas). Nenhuma dessas tentativas deu muito certo.

Além disso, parece que o Facebook não quer que o Vine se torne ainda mais popular: quem tenta encontrar amigos do FB no app se depara com uma mensagem de erro. A rede social se justifica dizendo que redes sociais da concorrência “não podem usar a Plataforma do Facebook para exportar dados de usuários”.

Se o Facebook está preparando o terreno para algo semelhante ao Vine, não sabemos. Mas talvez a atualização no app aumente o interesse dos usuários em compartilhar vídeos do celular no Facebook – em geral, eles vão para o YouTube… ou para o Vine. [App Store via The Verge]

Imagem por SlashGear