A Apple liberou um update urgente de segurança para os sistemas OS X El Capitan, OS X Yosemite e Safari para proteger os computadores da marca da mesma vulnerabilidade que atingiu o iOS na última semana — aquele que permitia que um atacante tivesse acesso a dados de um iPhone.

Grupo hacker israelense usava técnica que permitia espionar qualquer iPhone
Uma simples mensagem pode fazer um hacker ter acesso ao seu iPhone

Para atualizar o OS X, vá até a App Store > Atualizar e instale o update de segurança 2016-001 (para o El Capitan) ou 2016-005 (para o Yosemite). Para usuários do OS X Mavericks, é necessário também um update do Safari.

Ah, e caso você não tenha atualizado seu iOS recentemente, você deve fazê-lo — basta ir ao menu Ajustes > Geral > Atualização de Software.

Esta correção urgente do OS X vem uma semana após a Lookout Security e o Citizen Lab terem descoberto uma forma perversa de spyware que poderia fazer com que um atacante tivesse acesso a dados de um iPhone  remotamente apenas com uma mensagem de texto. Mike Murray, da Lookout Security, chamou esta de “uma das peças mais sofisticadas de ciberespionagem de software já vistas.”

O malware foi usado para atingir o ativista de direitos humanos Ahmed Mansoor. Ele notou uma mensagem de texto estranha em seu telefone. Em vez de clicar, ele entregou seu telefone para especialistas. O malware em questão poderia ser usado para ler mensagens de texto, e-mails, rastrear ligações e contatos.

Como o OS X e o iOS contam com o mesmo código, faz sentido que a vulnerabilidade no iOS também exista no OS X. Ainda não está claro como exatamente a falha seria usada no OS X — no iOS, os usuários eram atacados com um SMS. Porém, não dê chance ao azar. É melhor atualizar.

[Apple via The Telegraph]

Foto do topo por Mark Lennihan/AP