FBI faz alerta sobre riscos de carregar celular em aeroportos

Agência de segurança alerta que hackers podem usam entradas USB para introduzir malwares e softwares de monitoramento em dispositivos
No último dia 6, o FBI emitiu um comunicado alertando ao público sobre o risco de carregar o celular em aeroportos e outros espaços abertos ao público. 
Imagem: Wikimedia Commons

No último dia 6, o FBI emitiu um comunicado alertando ao público sobre o risco de carregar o celular em aeroportos e outros espaços abertos.

De acordo com a agência de segurança americana, hackers descobriram uma forma de utilizar entradas USB de locais públicos para introduzir malwares e softwares de monitoramento em dispositivos.

O alerta foi feito pelo escritório do FBI de Denver, capital do estado do Colorado. “Leve o seus próprios carregadores e cabos USB e usem tomadas”, disse o FBI em post no Twitter.

O anúncio do FBI, no entanto, não se baseia em um incidente específico de invasão a algum celular ou outros dispositivos que carregavam sua bateria em aeroportos.

‘Juice jacking’ é o termo que descreve a atividade de invadir dispositivos através de portas USB em locais públicos. Portanto, essa é tática que criminosos usam para invadir celulares em aeroportos.

No último dia 11, a Comissão Federal de Comunicações dos Estados Unidos, a FCC, postou em seu site informações sobre o perigo do juice jacking, bem como formas de prevenção para evitar a tática maliciosa. Segundo a postagem, malwares instalados através de uma entrada USB invadida podem bloquear o dispositivo ou exportas dados e senhas diretamente ao hacker.

Desse modo, os criminosos podem utilizar as informações particulares ou vendê-las para outros agentes mal-intencionados.

Em alguns casos, criminosos podem ir a locais públicos, como aeroportos, e deixar cabos infectados plugados nas portas USB.

Segundo a FCC, os usuários devem adotar as seguintes recomendações para se protegerem do juice jacking:

  • Evitar usar estações públicas de carregamento USB e usar um carregador de tomada;
  • Utilizar carregadores particulares, de propriedade do usuário, em viagem;
  • Levar um carregador portátil ou bateria externa;
  • Usar cabos de carregamento apenas, em vez de transferência de dados;
  • Ao plugar o dispositivo em uma porta USB, selecione a opção “apenas carregar o dispositivo”.

Assine a newsletter do Giz Brasil

fique por dentro
das novidades giz Inscreva-se agora para receber em primeira mão todas as notícias sobre tecnologia, ciência e cultura, reviews e comparativos exclusivos de produtos, além de descontos imperdíveis em ofertas exclusivas